54 | Jamais falte o óleo sobre a sua cabeça…

Quando lemos em Eclesiastes 9:8b “nunca (ou jamais) falte o óleo sobre a tua cabeça” este versículo tem que ser entendido por três aspectos básicos: histórico, literal e espiritual.

Histórico
No antigo Testamento encontramos o uso do óleo para ungir objetos ou separar pessoas para um serviço. Era uma forma de consagrar os objetos para o culto a Deus. (Êxodo 29:36-37; 30:25-29). Os objetos ungidos se tornavam santos ao serviço do Senhor. “Encontrei Davi, meu servo; com o meu santo óleo o ungi.” Salmos 89:20

Literal
“Jamais ou nunca falte sobre a sua cabeça” é literalmente derramar o óleo de unção ou azeite sobre a sua cabeça todas as vezes que você estiver em contato (oração) com Deus. Em meus momentos de intimidade e conversa com o Senhor, eu derramo o óleo de unção sobre a minha cabeça. Eu tenho preferência para usar o Bálsamo…

Espiritual
Aprendemos que o óleo da unção REPRESENTA ou simboliza a unção do Espírito Santo de Deus. Quando lemos ‘nunca falte o óleo…’ a bíblia nos recomenda a manter intimidade com o Espírito Santo de Deus em todo o tempo.

Léo Vilhena