56 | A falsa religiosidade da Rede Record: O escândalo do estupro na FAZENDA

Reality show que envolve sensualidade, bebidas e sabe-se mais o que, não pode ser chamado de programa familiar, pior ainda, se ele é transmitido por uma rede de televisão que se diz da família brasileira e pior ainda, que representa uma igreja e é controlada pela Universal do Reino de Deus do Bispo Edir Macedo…

Eu sempre desconfiei da pseudo seriedade da Rede Record, agora, depois do ESTUPRO transmitido AO VIVO POR SEU STREAMMING NAS TVS PAGAS?

Para quem não está sabendo do que aconteceu, um resumo do ESTUPRO.


A modelo Dayane Mello, participante do programa “A fazenda”, após uma festa no reality na noite de sexta-feira (24/9), estava VISIVELMENTE bêbada e sem domínio de suas ações, e o cantor Nego do Borel deitou na cama da modelo que estava MUITO bêbada, quase em coma alcóolico.

Na ocasião, ela pediu que Nego do Borel se afastasse, mas ele teria colocado o seu pênis dentro da modelo. Outros participantes teriam falado para o cantor sair da cama da modelo. Assista aos primeiros momentos do estupro:

No dia seguinte, Dayane afirmou que não se lembrava dos acontecimentos da noite anterior.

Os advogados de Dayane registraram a denúncia de ESTUPRO DE VULNERÁVEL na Delegacia de Itapecerica da Serra (SP), onde o programa acontece, e apresentaram imagens gravadas para justificar a ocorrência.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o cantor. Após pedidos de patrocinadores e internautas, a Record TV decidiu pela expulsão de Nego do reality.


Por diversas vezes as pessoas tentaram tirar o ‘cantor’ da cama da modelo e ele chega a pedir SILÊNCIO por que a gritaria não estaria deixando ele se concentrar para ficar com o pênis ereto… Palavras dele… Essas palavras indicam que ele sabia o que estava fazendo, ele não estava tão bêbado assim e o pior são os diretores da Record e os diretores desse programa não tomarem nenhuma atitude imediata ao perceberem o ESTUPRO.

Eu recebi, como jornalista, todos os vídeos e posso afirmar, o conteúdo é pesado e a relação sexual não autorizada por Dayane foi consumada e o que o ‘cantor’ Nego do Borel cometeu foi um ESTUPRO DE VULNERÁVEL. Colocar o pênis em uma mulher INCONSCIENTE é ESTUPRO.

O  que me deixa REVOLTADO é que isso aconteceu AO VIVO em uma televisão que se diz EVANGÉLICA, que supostamente mantém valores cristãos e se arvora do direito de se autodenominar A TV DA FAMÍLIA BRASILEIRA.

Estou com nojo da TV Record…

Eu já não assisto a TV Globo há mais de anos, nessa lista agora entrou a TV Record.

A podridão, definitivamente, está entranhada na maioria das programações das tevês brasileiras, é por isso que eu pago tv a cabo para poder assistir conteúdo verdadeiramente cristão nas tvs a cabo.

Que DEUS tenha misericórdia desta geração. Evite assistirem programas da Globo e da Record, não dê audiências quem compactua com CRIMES.

Léo Vilhena
Pastor e Jornalista